versos

Poesia: A culpa

Enquanto um homem que tudo perdeu Não se limita às regras Aqueles que são ligados À matéria Serão sempre limitados Precisam de algo Para se apoiar Um teto Um chão Algo para mantê-los No meio Entre a estupidez E a covardia. Existem homens Que apostam tudo Existem homens Que sabem quando recuar Parar Assim como …

Poesia: A culpa Leia mais »

Poesia: Fragmentado

Sou o que sou Também sou o que dizem Sou o que digo ser Sou  o que sou Sou vento gelado para os dias quentes Sou sombra para os dias de extremo sol Sou rio que corre e deságua em lugar nenhum Sou apoio de mesa bamba Sou cadeira para os cansados Sou folha seca levada …

Poesia: Fragmentado Leia mais »

Poesia: Enfim sós

Eu vou pro meu lado, você pro seu. Mas qual é o seu lado? E qual o meu? Pessoas atuais não inventam pretextos nem posições. É só um desfazer de nó, um mudar de caminho, a tentativa de encontrar dentro de si vida interior e ver que o mundo não acaba. Ele recomeça com as …

Poesia: Enfim sós Leia mais »

Poesia: Amarras

É uma corrente apertada que deforma e corrói. Uma relação de posse e conflito que destrói e deixa marcas. Algo terrível que sem precedentes abala. É claro que falo desse sentimento repugnante que é a solidão. *Poesia originalmente postada no projeto #ÀsSegundasLemosPoesias, no Instagram da AsM Editora.

Poesia: Noite de chuva

Noite fria. Chuvosa. Insone. Fico à janela a observar a chuva a cair. A ouvir os barulhos de uma noite de tempestade. Os animais encolhidos a procurar abrigos, as corujas que sempre me veem estão escondidas a me bisbilhotar. Não se atrevem a me olhar. Só os cachorros ao longe fazem parte desta noite. Fecho …

Poesia: Noite de chuva Leia mais »